quarta-feira, 8 de agosto de 2012

CASTRAÇÃO QUÍMICA


A castração química tem sido usada no estilo de vida BDSM como um meio extremo de emasculação doméstica e na formação de maricas. Antes de realizar tal procedimento de é preciso consultar um médico, pois procedimento se dá através da administração de medicamentos e por isso efeitos colaterais e alergias podem ocorrer.
A droga Depo-Provera, um tipo de pílula anticoncepcional para mulheres, quando utilizado por homens terão uma série muito interessante de efeitos colaterais que serão utilizadas na castração química e na mudança de comportamento do homem. O Depo-Provera é normalmente administrada a cada 3 a 4 semanas os efeitos já começam a partir das primeiras 24/48 horas após ser injetada no corpo. 
A impotência é um dos efeitos certos e depois de algumas injeções mesmo recebendo estimulação física o indivíduo não vai atingir a ereção mais. O tamanho do pênis também irá reduzir e vai se tornar flácido permanente. Além disso, uma fraqueza física também irá ocorrer.  Com a interrupção do uso da medicação os efeitos gradativamente vão voltando para a condição anterior.


Os efeitos colaterais são os seguintes:

1. diminuição da necessidade e interesse sexual (geralmente mostra após a 2 ª ou 3 ª injeção)

2. aumento dos seios (demora um pouco, mas os hormônios vão fazer a sua parte)

3. agressão diminuiu (vai se tornar muito dócil)

4. sensibilidade dos seios e mamilos (essencialmente como uma mulher na TPM)

5. ganho de peso médio de 5 a 15 kg (dependendo da pessoa)

6. perda de pêlos no corpo (você vai notar as mudanças na estrutura do cabelo)

7. fadiga

8. impotência