terça-feira, 29 de junho de 2010

BALLBUSTING

Esta é uma sodomia onde o prazer sexual consiste em causar dor castigando os testículos do homem. Dependendo da intensidade dos golpes ou do tipo de assessório utilizado no castigo este fetiche pode causar lesões graves e até permanentes.


No entanto, toda Domme tem o desejo de ter um conjunto de bolas presas e impotentes em suas mãos. Além das mãos os golpes podem ser dados com a chibata, com os joelhos ou chutando com os pés. No início os golpes são cautelosos para medir as reações do submisso. Mas gradativamente a força vai aumentando. Além de aumentar a força a Domme diminui os intervalos entre um golpe e o próximo. É inevitável, no final ela bate sem deixar tempo para a recuperação dele. O submisso vai sucumbir diante da dor.

Para ajudar no controle, para que as bolas fiquem em uma boa posição a Domme as amarra com uma corda. Além de deixar as bolas expostas, quanto mais ela puxar a corda mais o submisso vai gemer.

Outra opção pode ser espremê-las com as mãos até quase as estourar e dizer para que ele entenda que essas bolas são dela e que é ela quem decide o que acontece ou não. Pergunte para o submisso quantas vezes ele já se masturbou sem sua permissão. Com certeza ele dirá um numero infinitamente menor que a verdade. Então, pode afirmar em voz alta que ele está mentindo e que irá ensiná-lo a ter controle da torneirinha.

O masturbe um pouco com carinho, mas proíba o orgasmo. Se ele gozar irá sofrer as conseqüências. Quando estiver bem ereto e pronto para gozar bata em seu saco até que o desejo de gozar acabe. Então recomece.

Saudações SM!