quarta-feira, 7 de maio de 2014

DIREITOS E DEVERES DOS ESCRAVOS FEMDOM

- Escravidão consensual é a prática social em que uma Mulher tem direitos de propriedade sobre um ser humano, agora designado por escravo.

Parágrafo único: Ao escravo é vetado todo e qualquer direito.

Dos deveres do escravo:
- O escravo tem o dever de lealdade e devoção à sua Domme.
- Servir a Domme em todos os seus desejos.
- Ser fiel física e emocionalmente.
- Nunca proferir a palavra NÃO, passível de punição caso isto seja descumprido.
- Dispor seu corpo no momento e forma que a Domme desejar.
- Ser propriedade exclusiva da Domme, exceto em casos que ela ordene que ele sirva a outra Domme.
- Ser paciente e amoroso.
- Tratar a Domme sob a forma mais respeitosa possível e como ela exigir.
- Usar coleiras e outros símbolos de posse sempre que a Domme ordenar.
- Reconhecer sua inferioridade diante da Domme.
- Estar à disposição em todos os períodos do dia ou da noite.
- Jamais ter um orgasmo sem que a Domme o permita.
- Obedecer as ordens da Domme sem questionamentos.
- Caso haja descumprimento de qualquer dos deveres, ao Escravo resta aceitar sua punição.
- Ser castigado em qualquer momento sem necessariamente ter cometido alguma infração aos deveres.


Parágrafo final: À Domme é permitido a elaboração de novos deveres em qualquer momento.